Filmes: Trilogia Jesse e Celine (Antes da Meia-Noite) por Raul Arakaki



Sinopse do primeiro filme no Filmow: 

Jesse (Ethan Hawke), um jovem americano, e Celine (Julie Delpy), uma estudante francesa, se encontram casualmente no trem para Viena e logo começam a conversar. Ele a convence a desembarcar em Viena e gradativamente vão se envolvendo em uma paixão crescente. Mas existe uma verdade inevitável: no dia seguinte ela irá para Paris e ele voltará ao Estados Unidos. Com isso, resta aos dois apaixonados aproveitar o máximo o pouco tempo que lhes resta.




Sinopse do segundo filme no Filmow:

Jesse (Ethal Hawke) e Celine (Julie Delpy) se conheceram por acaso em uma viagem de trem que ia de Budapeste a Viena, passando o dia juntos e se separando no início do dia seguinte. Nove anos depois eles se reencontram, novamente por acaso. Jesse agora é um conhecido escritor, enquanto que Celine trabalha para uma organização de proteção ao meio-ambiente. Jesse agora está em Paris para promover seu mais novo livro e, após reencontrar Celine, passa com ela algumas horas, onde discutem o que aconteceu em suas vidas em todos estes anos.




Sinopse do terceiro filme no Filmow:

Depois de se apaixonarem em Viena, em Antes do Amanhecer, e se reencontrarem em Paris em Antes do Pôr do Sol, o casal Jesse (Hawke) e Celine (Delpy) agora estaria flanando por Messínia, no sudoeste da Grécia.




Acesse a página do filme no Filmow: http://filmow.com/antes-da-meia-noite-t62446/

Minha Opinião (Raul Arakaki)


Trilogia Jesse e Celine, de Richard Linklater


Será que realmente existe o amor? Os mais racionais dizem que a pessoa que voce ama na verdade é uma representação de algo. Se você é insegura, segurança. Se você é virgem, paixão. Burro, inteligência. Preguiça, energia. Extrovertida, timidez.... Assim o que a sociedade normalmente chama de amor na verdade seria uma idealização, uma fuga da realidade, uma maneira de sobreviver aos dias tediosos da rotina....

 Quando o primeiro filme da série, Antes do amanhecer (Before Sunrise) estreou, lá pelos idos de 90 do século passado (o tempo passa rápido!), com sua história sincera e tranquila sobre dois jovens, Jesse (interpretado por Ethan Hawke) e Celine (interpretada por Julie Delpy) se apaixonando e passando um dia perfeito , os românticos do mundo agradeceram. Através de uma narrativa simples, sem arroubos e com muitos diálogos, ele conquistou uma legião de fãs. E mesmo para os mais decepcionados e incrédulos foi tão reconfortante- mesmo que temporário- ver o amor; jovem, tímido e inseguro, surgir entre duas pessoas como mágica. E poucos filmes conseguiram mostrar o que é se apaixonar e convencer que existe amor a primeira vista até ao mais cínico dos cínicos. Mesmo que no final fique aberta a possibilidade de tudo ter sido apenas um momento, fugaz e rotineiro, e que talvez eles nunca conseguissem repetir...


 O segundo filme, Antes do pôr-do-sol veio com a promessa de responder alguns questionamentos profundos que seu antecessor deixou pendente.  Acontece que eles não ficaram juntos mas o diretor e roteirista encontra a desculpa perfeita para justificar esta ruptura. Houve um desencontro e, pronto, os personagens não se vêem a dez anos. A produção retrata sobre  o período de 2 horas em que os personagens tem para conversar quando se reencontram antes que um deles pegue o avião de volta para casa. Tempo real. Um café, uma pequena caminhada e... o final. Vemos os personagens, agora nos seus 30 anos, com vidas cheias de compromissos e afazeres se reencontrando e tendo uma conversa em uma tarde de outono. Eles divagam, divagam, refletem e divagam mais um pouco, como todo bom adulto exceto que, por baixo do pano, existe a consciência de que talvez a única coisa real que tiveram na vida foi aquele dia que passaram juntos a tanto tempo atrás... Agora é ainda mais complicado pois sabem que estão em uma fase definitiva onde as suas decisões, muito provavelmente, serão as decisões; as escolhas que guiarão o resto de suas vidas. 

 E os dois sentem a atração no ar pairando lá, invisível mas incontestável, entre eles. Mas cada um tem sua vida. Ele, casado e com um filho. Ela, enrolada. E tudo que tem juntos foi um dia longínquo que pode ter sido fruto de sua inocência. O final, para variar, também deixava aberto o destino dos dois. Mas a esta altura, Jesse e Celine, os personagens principais, já estavam no coração dos fãs sedentos para ver o casal ficar juntos. O que no primeiro filme era uma possibilidade, no segundo se torna uma necessidade. Queremos que eles fiquem juntos. Queremos acreditar que existe o amor!
 Então, no final do ano passado, foi lançada a terceira parte da produção chamada Antes da meia-noite (Before Midnight).



 O interessante é a relação que o espectador tem com os personagens. Quem viu os filmes anteriores tem uma relação afetiva tão grande com Jesse e Celina que é impossível esconder a satisfação quando vemos que estão juntos. Descobrimos logo no começo que eles
se casaram e que tiveram duas gêmeas lindas. Duvido que alguém consiga esconder o sorriso no rosto ao ver eles andando juntos de carro com suas filhas. 

 Mas agora eles finalmente são um casal.  Eles tem uma convivência diária e sabem tanto um sobre o outro como sobre si mesmos. São dois seres pensantes cheios de responsabilidades e sentindo a idade chegar rapidamente e, com isso, a idéia de morte e a procura de um sentido maior em tudo o que os rodeia. 
 O filme mostra um dia entre os dois quando estão de férias. Eles tem um pequeno almoço com um grupo de amigos das mais diferentes gerações e vemos a maneira como as relações amorosas mudaram com o decorrer do tempo. Um casal de jovens fala sobre como mantem sua relação através da internet. O mundo está diferente e ,talvez, as coisas não tivessem sido similares  se existisse todas essas ferramentas na época em que se conheceram. Será que se tivessem acesso a Messenger, facebook, Skype.. estariam juntos?

 A parte final deste filme mostra eles indo ter uma noite romântica fracassada em um hotel onde discutem e atacam um ao outro.Os sacrifícios que fizeram pela relação , as responsabilidades e a vida com seus pequenos problemas diários começa a mostrar suas garras e começamos a ver o que pode ser a última noite entre eles.  Os dois se atacam e começam a se questionar se ainda existe algo entre eles. É uma luta impiedosa, onde cada um ataca as fraquezas do outro e há frases que são ditas que serão lembradas para o resto da vida. Como todo bom casal que se preze, chega um momento de escolha e reflexão onde devem decidir se querem ficar juntos. Surge o questionamento novamente.. Será que a noite que tiveram juntos, quando se conheceram, foi real? E será que vão ficar unidos? A história dos dois representa algo?


 O final, só para variar um pouco, deixa tudo em aberto novamente. Acho que só teremos a resposta de nossos questionamentos no próximo filme. Até lá, cada um com sua própria verdade e credo... Mas bem que o próximo filme poderia chegar logo!

Para esta produção.... Sabe aqueles filmes obrigatórios para qualquer pessoa que gosta de cinema? Bem, parabéns, acabou de encontrar mais três.

Para semana que vem..... o filme que talvez mostre o porquê de Harry Potter ter funcionado na tela grande.





19 comentários :

  1. Oi, tudo bem?

    Este não é bem o meu estilo de filme. Se bem que atualmente eu não tenho visto muitos filmes... apenas séries mesmo.
    Esperando semana que vem! *-*

    Beijos,
    http://smellingbooksallday.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fã de harry potter? Su fã de séries também. Espero que goste da próxima resenha! Obrigado, Raul

      Excluir
  2. Gente, adoro estas histórias de amor envolvidas pelo acaso, tipo coisa do destino. Eu não conhecia os filmes, mas já encontrei o primeiro para assistir e deste final de semana não passa!!!!

    Obrigada pela dica Raul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa, acho que vc vai gostar bastante hehehehe Bem, pelo menos, espero que goste. Obrigado vc pela oportunidade! Raul

      Excluir
  3. não assisti estes filmes ainda, mas já ouvi falar.
    também acredito que o amor seja isso: uma fuga da realidade...
    achei as imagens do filme muito divertidas e bonitas, e claro, parecem ser ótimos... fiquei curiosa para vê-los!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estes filmes são tão românticos que talvez repense seus conceito; e queira acreditar que no final existe o amor hehehe Espero que consiga vê-los. Obrigado, Raul

      Excluir
  4. Eu não sabia que era uma trilogia, já que só conhecia o segundo filme, apesar de não lembrar nada dele. Gostei da dica, vou tentar assisti-los em breve.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tome cuidado pois rever o primeiro filme significa se apaixonar definitivamente por ele hehehe Tem filmes que ,quando vemos uma segunda vez, acabamos nos identificando mais devido a um próprio processo de amadurecimento. Este é um deles. Obrigado, Raul

      Excluir
  5. Eu já assisti ao primeiro e comecei a ver o segundo, mas não dei continuidade por falta de tempo mesmo porque a trama estava me conquistando muito, ainda bem que vim aqui no Blog e que você me lembrou da existência deles, preciso continuar logo.

    Laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aposto que se voce conseguir um tepor para ele vai acabar tentando de todas as maneiras achar um tempo para os outros hehehe. Obrigado, Raul

      Excluir
  6. Hey
    Preciso tirar um tempo para assistir essa trilogia.
    Adoro Ethan Hawke, acho um ótimo ator.
    Geralmente é sempre o canastra nos filmes, bacana acompanhar um lado mais romântico.
    E o terceiro parece ser tão mais bonitinho, com as filhas.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nana. Concordo que o Ethan Hawke é um ator limitado mas quando é usado no papel certo ele se dá muito bem. Por exemplo, acho ele muito bom como policial hehehe E está muito bem neste filme. De uma olhada que acho que vai gostar. Obrigado, Raul

      Excluir
  7. Aiiii tô doida pra ver o terceiro filme! É apaixonante mesmo né? Vou procurar amanhã mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os três são hehehe Mas tome cuidado pois a terceira parte não é bem um romance, mas acho que vai gostar do mesmo jeito. Obrigado, Raul

      Excluir
  8. Olá Raul,

    Pela sinopse do filme e pela sua excelente resenha vejo que esse filme é bem legal...boa dica....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme e muito legal. Aposto q vai gostar. Obrigado pelo elogio, Raul

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Terá uma continuação? Não brinca! Estou desinformada mesmo!
    Gostei muito do texto e gosto muito dos filmes, os assisti em três dias. Tudo neles flui tão natural que nem parece filme rs'

    Gostei muito do blog também. Com certeza estarei aqui para ler sobre Harry Potter (embora só tenha assistido três filmes :s)

    Sei que é chato mas... criei meu blog faz pouco tempo e convido vocês e seus leitores a conhecê-lo. Aqui está o link http://partie-demoi.blogspot.com.br/ Obrigada!

    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, a continuação não está confirmada hehehe Mas é o que deve acontecer. Olhei seu blog. Achei muito legal. Vc gosta mesmo de Nicholas Sparks, hein? Obrigado, Raul

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...