Na Terra da Nuvem Branca - Sarah Lark - Editora Europa



Sinopse:


Governanta e professora de uma rica família em Londres, Helen Davenport anseia por um casamento, mas, sem pretendentes e já perto de completar 30 anos, sabe que suas possibilidades não são boas. Quando vê, na sua igreja, um anúncio de um fazendeiro na Nova Zelândia que procura uma mulher solteira e honrada para se casar, não pensa duas vezes. Após uma breve troca de correspondências com o pretendente, decide aceitar a proposta e emigrar. Não muito longe, no País de Gales, Gwyneira Silkham, filha de um nobre e rico criador de ovelhas, está entediada com sua vida. Durante uma negociação de matrizes com um rico fazendeiro da Nova Zelândia, seu pai aceita o desafio para um jogo de cartas aparentemente inofensivo. Acaba apostando — e perdendo — a mão de sua filha em favor do filho do fazendeiro. Surpreendentemente, em vez de se revoltar, Gwyn vê na distante colônia a chance de uma vida vibrante e plena de aventuras. Ambientado no século 19, durante o início da colonização inglesa na Nova Zelândia, o romance Na Terra da Nuvem Branca conta a história dessas duas corajosas mulheres que mudam radicalmente suas vidas e partem rumo ao desconhecido. Elas se encontram no navio, durante a longa e perigosa viagem, e começam a construir laços de uma duradoura amizade, que será decisiva na luta para a conquista de seus ideais. Mesmo sendo uma história ficcional, a autora Sara Lark lança um olhar feminino sobre o momento histórico da colonização e a cultura dos nativos maoris. Destaca ainda a personalidade das mulheres e as dificuldades que enfrentam face às oportunidades que uma terra em formação oferece. E constrói uma saga envolvente e apaixonante.


Minha Opinião:


Eu sou fã assumida de romances históricos e ao ver a capa deste livro, foi impossível não sentir uma vontade súbita de lê-lo. Para completar, além da capa linda e do tema, a sinopse do livro por si só já é um estímulo à leitura, principalmente pelo fato de abordar uma cultura diferente da nossa.
Em "Na Terra da Nuvem Branca" temos a história de Helen Davenport e Gwyn Silkham, duas jovens inglesas sem nada em comum, que estão indo rumo à Nova Zelândia para conhecerem seus futuros maridos. Elas se conhecem dentro do barco que faz a viagem e logo nasce uma grande amizade entre elas.
Helen é Governanta. Bastante trabalhadora e esforçada. Uma pessoa simples e de bom coração. Ela acha que já passou da idade de casar e para não ficar solteirona, respondeu a um anúncio de casamento do folheto da igreja que frequenta.



Gwyn é uma moça com atitudes um tanto independentes e feministas, mas mesmo possuindo esta personalidade mais rebelde, não pode fugir do compromisso que seu pai (o Barão de Ovelhas) arranjou para ela numa mesa de jogo. Ele a perdeu numa aposta, agora a moça precisa casar com desconhecido por conta de uma impulsividade de seu pai. Este desconhecido é filho do homem que apostou.
Para pagar sua viagem, Helen embarca como acompanhante de 5 meninas órfãs que serão empregadas em casas de famílias, algumas destas meninas ainda são crianças. Helen pouco sabe de seu pretendente, a não ser que ele é um fazendeiro. Ao que parece é muito inteligente e educado, pois a carta estava muito bem escrita e cheia de floreios.
Gwyn estava um tanto eufórica com a sua vinda à Nova Zelândia, já que assim ela esperava ver-se livre da vida sufocante que levava com o pai, só o que lhe incomodava era o fato de seu sogro descrever o filho como extremamente cavalheiro, ela esperava uma vida de aventuras que talvez não fosse possível com o marido sem graça.
O encontro das duas se dá porque a cabine em que as pupilas de Helen ficam é próxima ao estábulo onde está o cavalo de Gwyn. Por aí você já faz uma vaga ideia da diversidade entre elas.
A chegada das duas amigas não se deu da forma como imaginaram que seria, cada uma com problemas distintos, principalmente em relação aos seus maridos que revelaram-se um tanto quanto diferentes do que esperavam. Além de acompanharmos o desenrolar do destino de Helen e Gwyn ainda temos as pobres meninas órfãs que, contra a vontade, terão que servir para as famílias destinatárias. Esta parte do livro é bem sofrida e emocionante, pois, algumas delas não terão um destino muito agradável, suas passagens pela história nos emociona e também no alegra, acredito que estas meninas tenham 'quase' roubado a cena na trama...



"Na Terra da Nuvem Branca" mescla romance, medo, violência e ganância em fortes doses e todas estas características são bem constantes no decorrer do livro, a autora usou e abusou do nosso sentimentalismo. E por falar na autora, a narrativa dela é bastante agradável e fácil de ser lida. Ela é prática e agiliza a história e faz com que os acontecimentos nos prendam na leitura. Não esperem um romance água com açúcar, ele está presente sim, mas de forma bem mais forte e árdua. Você vai se emocionar com a trama, mas, sobretudo vai sofrer e derramar lágrimas e mais lágrimas de forma dilacerante.
A Nova Zelândia é bastante retratada na saga O Senhor do Anéis, mas eu nunca havia lido um livro que se passasse neste país. A oportunidade veio bem a calhar e me deixou encantada com as paisagens descritas no texto. Como sempre acontece, deu vontade de assistir um filme baseado neste livro. Aliás, este é o primeiro de uma trilogia. Ainda não tenho os dois seguintes, mas gostaria muito de dar continuidade na leitura.


Outras capas:









13 comentários :

  1. Olá,

    apesar de não ter nada a ver, a capa me lembrou Nanny MacPhee rsrsrs
    Gostei muito da resenha, chegou a dar um arrepio, sinto que terão cenas fortes. Espero ter a oportunidade de lê-lo.

    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  2. A capa é belíssima. Eu gosto muito de romances históricos e acho que é a leitura ideal para o friozinho. Deu vontade de ler este livro imediatamente, eu nem conhecia ele acredita? Seu blog como sempre com ótimas dicas de leitura.

    Laura.

    ResponderExcluir
  3. Oii Van!
    Confesso que se fosse só pela capa, eu não me interessaria pelo livro. Contudo, ao ler a sinopse me interessei pela história. Achei diferente. E como você disse, é bacana conhecer um pouquinho de outras culturas.
    Gostei da dica! :)

    Beijos,
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. a nossa capa é bem mais bonita né?
    gostei da trama, e eu ainda não conhecia nem o livro nem a autora
    também me interesso bastante por este tipo de história, e está parece ser muito legal... fiquei curiosa :P

    ResponderExcluir
  5. Oi Van*
    Também gosto muito do gênero e fiquei com vontade de ler. Achei linda as capas.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  6. Eu também adoro ler romances históricos, este eu ainda não conhecia.
    Fiquei com bastante vontade de ler, até porque sua resenha me deixou curiosa em saber o que aconteceu a elas e as meninas também.
    Vou anotar a dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. não é bem o tipo de leitura que me chama a atenção!

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  8. oi
    eu vi a capa, li o título e o subtítulo e pensei que não iria gostar muito, que seria um livro mais histórico e enfadonho, mas ao ler a sinopse e a sua opinião percebei que é o tipo de livro que me agrada. Primeiro pq tmb sou fã assumida de romances históricos, também fiquei muito curiosa sobre as órfas e os maridos das suas moças (já estou imaginando o pior) fiquei curiosa e vou adicionar a minha lista de desejados no skoob.
    boa indicação, nunca tinha lido nada sobre esse livro!

    tem postagem nova no meu blog
    espero sua visita
    bjs

    -TÍTULOS DE LIVROS

    ResponderExcluir
  9. Adorei a capa e o título, mas não sei se leria... é um gênero interessante, mas não li algo parecido, porém é legal conhecer novas culturas através dos livros (:
    Beijos,
    Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Somente pela capa o livro não me chamou atenção :/ Mas sua resenha positiva e descritiva deixa qualquer um curioso, Van!

    Beijão

    ResponderExcluir
  11. Ah, sua resenha me deu vontade de ler o livro além de ser um romance de época que eu também adoro. Mas a capa de outros países são mais chamativas. Este livro eu gostaria de ler, com certeza!

    Beijos

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Van!
    Nossa, eu desconhecia esse livro O.O
    Aiaiai só não sei se marco para ler, rs
    Bjks!

    ResponderExcluir
  13. Olá Vanessa,

    Não conhecia o livro e nem a autora e fiquei bem interessado, gosto de romances de época e esse me parece uma boa pedida, dica anotada...parabéns pela resenha...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br


    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...