Outras Palavras para o Amor - Lorraine Zago Rosenthal - Galera Record:


Sinopse:

Anos 1980. Enquanto o mundo se encolhe com o medo da Aids e as tensões da Guerra Fria, Ari Mitchell tem outras preocupações além do vírus que pululam nos bocais dos telefones públicos do Brooklin. Como ser ofuscada por Summer, a amiga rica e bonita, que estuda numa prestigiosa escola particular em Manhattan. Ou a paixonite pelo cunhado bombeiro. Ou os sonhos de sua mãe castradora. Mas uma herança está prestes a mudar a vida de Ari. Com a morte de um tio, a sensível aluna nota A ganha um visto de entrada, mesmo a contragosto, para o mundo dos privilegiados. Nova aluna da Hollister Prep, ela precisa se adaptar a uma sofisticada realidade. E a outras amizades. Logo, o jeito calma e discreto de Ari atrai a atenção de Leah, uma jovem em luto pelo namorado. Summer não está acostumada ao segundo lugar. Ainda mais quando a amiga aparentemente sem graça atrai a atenção de Blake, um estudante de direito de excelente família. E elas se afastam. Ao mesmo tempo, a irmã de Ari, Evelyn, decepção para os pais depois de abandonar o ensino médio grávida, sofre de depressão pós-parto numa época em que o termo ainda não existia. E desconta em Ari. Dividida entre o antigo e o novo, o primeiro amor e as expectativas da família, ela precisa encontrar seu próprio caminho. Um caminho que vai levá-la a uma viagem de autoconhecimento, dor e redenção. Uma prova de que a força para alcançar seus sonhos está dentro de cada um.


Minha Opinião:


"Em 1985, quase todo mundo que eu conhecia temia duas coisas: um ataque nuclear dos russos e uma morte terrível pelo vírus da AIDS, que supostamente vicejava nos bocais dos telefones públicos de Nova York." Pág 07.

A primeira coisa que me chamou muita a tenção neste livro e me fez querer lê-lo foi este título todo lindo e 'poético'. Daí fui dar uma conferida na sinopse e eis que me deparo com uma trama ambientada nos anos 80. Pronto, eu definitivamente precisava deste livro!
Não tenho palavras para agradecer à Galera Record por me proporcionar uma das melhores leituras do ano!!!

Agora, vamos falar sobre o Outras Palavras para o Amor:

O início do livro se dá no ano de 1985 numa época em que as pessoas estavam muito preocupas com o HIV por terem vindo de uma outra época em que tudo era muito liberal e quem era 'careta' estava fora de moda (anos 60 e 70), com isto, e mais os poucos estudos sobre a doença até então, descobrir-se com AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis era quase como uma sentença de morte.
Este fato tirava o sono de Ariadne Mitchell, ou simplesmente Ari, como ela gosta de ser chamada.
Mesmo ela não sendo a típica adolescente e fazendo mais a linha recatada e pudica, ela se preocupava muito em função da sua melhor e única amiga Summer Simon que aproveitava a vida com muito entusiasmo por assim dizer, na verdade Summer ficava com todo garoto bonito que olhasse pra ela e achava isto o máximo.


Ari mora com seus pais. Sua mãe é professora e extremamente rígida tanto na escola com seus alunos quanto em casa com a filha. Seu pai é detetive de homicídios em Manhattan. 
A mãe de Ari acreditava que todos os pais deveriam ser o mais presente possível na vida dos filhos e foi isto o que a impulsionou a dar aulas, era também uma forma de ficar mais próxima das filhas. Ari tem uma irmã mais velha (Evelyn) que já é casada, tem um filho de 5 anos e está grávida de seu segundo filho. O marido de Evelyn é Patrick, um bombeiro muito gente boa apaixonado pela esposa, mas que sem saber desperta em Ari desejos que nem ela sabia existirem.
Ari mantem uma paixão platônica pelo cunhado e acredita que ninguém perceba...Se bem que ela não controlar algumas atitudes suas quando está perto de Patrick.
A mãe de Ari se decepcionou muito com a primeira filha por esta não ter dado continuidade nos estudos e por ter engravidado cedo e casado com um homem que mal ganhava para o sustento da família. Por conta disto, ela deposita todas as suas esperanças na caçula e o tempo todo cobra dela nos estudos para que consiga ingressar numa boa faculdade e fazer o tão sonhado curso de Artes. São cobranças o tempo todo mesmo, de cada 10 palavras que a mãe troca com a filha, 8 são sobre provas e estudos. 
Ari é uma garota muito inteligente e suas notas comprovam isto. Porém, ela estuda numa escola pública e pouco conceituada. Depois do falecimento de um tio que ela nem tinha muito contato, sua família herda uma boa soma em dinheiro que imediatamente a mãe investe nos seus estudos e a transfere para uma escola particular, a mesma em que Summer estuda.
Ari não queria mudar de escola, ela acha que será um peixe fora d'água já que nunca foi popular, é bastante tímida e não é rica como as outras garotas que lá estudam. Mesmo assim, ela passa a estudar na Hollister. Já no primeiro dia de aula ela conhece Leigh, uma menina um pouco melancólica que aparentava ser tão sozinha quanto Ari.


Leigh e Ari logo se aproximam e tornam-se amigas. Summer passa e evitar um pouco Ari e a amizade de infância das duas começa a esfriar gradualmente. Com a convivência, ela conhece os primos de Leigh, Del e Blake que são poucos anos mais velhos que elas.
Imediatamente Ari se sente atraída por Del, mas Blake também mexe com ela...A garota tímida e sem graça começa então a perder espaço para uma jovem cheia de sonhos que, para desespero da mãe, passa a conhecer a vida fora das paredes de sua casa. Com Leigh ela vai à festas, veste-se com roupas bonitas, conhece pessoas interessantes. A vida muda de cor para ela que finalmente passa a vivenciar a sua juventude e fazer tudo aquilo que os jovens fazem.
É muito gostosa esta parte das descobertas da Ari, me senti adolescente outra vez e em muitas das situações eu pude me colocar no lugar dela e sentir exatamente o que a personagem estava querendo nos passar. O livro todo é baseado praticamente na transformação de uma adolescente em uma jovem com direito a todos conflitos que acompanham esta transformação e que todos sabem, não é nada fácil, principalmente para os pais que perdem o controle de seus filhos que até ontem era apenas crianças...
A leitura é mansa e tranquila, ou seja, ela mantém um mesmo ritmo praticamente o livro todo, mas eis que quando estamos chegando na última parte da história, fatos bem elaborados e bem colocados nos fazem dizer: Ai meu Deus que livro bem bom!!!!
Raramente entro a noite a dentro com um livro, afinal, levanto cedo todos os dias, mas este me fez perder horas de sono. São 367 páginas de palavras que te deixam mais leve e colocam um sorriso no seu rosto. Como eu já disse lá no início da resenha, uma das melhores leituras do ano, perfeito em todos os sentidos!!!! Só coraçõezinhos para Outras Palavras para o Amor!



Visite a Galera Record:






3 comentários :

  1. Olá Vanessa,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, gostei da sinopse e ambientado na melhor época 1980....show...dica anotada....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Vou ter que ler... as pessoas falam muito bem dele, ai ai... Linda a resenha Nessa. Obrigada

    ResponderExcluir
  3. Mais um livro super interessante da Galera. Gostei da apresentação na sinopse e gostei da sua resenha. Mais acredito que eu desenvolveria um gosto maior se o lesse.
    Não costumo ler histórias ambientadas em outras decadas, apenas seculos. Mas acho que esse seria um bom começo.

    bjos
    Blog Leitura de Ouro
    https://leituradeouro.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...