Villette Ilustrado em pré-venda na Editora Pedrazul:



Villette - Charlotte Brontë

Sinopse


Numa Inglaterra rural, uma jovem vitoriana empobrecida, sem esperança e sem família, parte numa viagem incerta de navio com destino à França e acaba na cosmopolita Villette, num internato de meninas ricas dirigido por Madame Beck.
Tímida, Lucy, que se achava feia e sem atrativos, com suas roupas estranhas e fora de moda, sentindo-se uma erética, vive situações difíceis no internato repleto de atraentes jovens burguesas. Inicialmente, como uma espécie de babá que ensinava inglês às filhas da diretora e, posteriormente, como professora de inglês, a sua inteligência e perspicácia são notadas por dois homens, doutor John e Monsieur Paul, mas também por Madame Beck.
A obra, que é recheada de outras histórias, todas entrelaçadas entre si, traz a luta pelo amor de um homem e a perseguição cruel de uma mulher.
Ficção ou realidade? Charlotte Brontë, intencionalmente, retratou com precisão o período em que viveu em Bruxelas, a saudade de casa, a solidão, rejeições, paixões conflituosas, perseguições, e, por que não, amizades; sofrimentos e alegrias, enredos primorosamente transformados em arte. Uma obra-prima, cuja aceitação e rejeição estão lado a lado. Nessa emaranhada trama, na qual passado, presente e futuro se misturam num drama com toques de realidade, personagens como o doutor John, lady Bretton, Miss de Bassompierre, Miss Ginevra Fanshawe, Coronel De Hamal e muitos outros estão interligados entre si de forma admirável.
Baseado na sofrida vida de Charlotte Brontë, Villette é o retrato mais nítido do escritor que dramatiza a própria vida.


Adquira já o seu exemplar: 


Aproveitem para conferir a entrevista que a Editora realizou com Helen McEwan no site Leituras Brontëanas: http://leiturasbronteanas.wordpress.com

Tem também a entrevista com o pesquisador europeu Eric Ruijssenaars no mesmo site: http://leiturasbronteanas.wordpress.com



5 comentários :

  1. Gosto muito desse tipo de histórias envolvendo a época vitoriana seja ela ficção ou realidade. Fiquei com vontade de ler. Muito interessante.Beijos

    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  2. a história parece ser interessante, mas eu não leria!


    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. não conhecia este livro ainda, e também nunca li nada da autora, porém este não me interessou muito não... há outros livros da Charlotte que me interessam mais :P

    ResponderExcluir
  4. Maria Angelica Pinheiro9 de maio de 2014 08:40

    Como não amar as irmãs Brontë??? Já quero este livro, na verdade precisooo.

    ResponderExcluir
  5. Puxa, não conhecia esse livro da Charlotte Brontë. Fiquei ainda mais curioso por saber que o tom é quase autobiográfico.
    Beijo!

    www.diarioquaseescritora.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...