Entrevista com a autora Natalia Moreno:


Natalia Moreno é apaixonada por literatura, animais, músicas... Formada em Letras, cursando pós graduação em Literatura Inglesa e autora do romance Quando eu me amar, encontrou na escrita uma maneira de extravasar seus sentimentos escondidos pelo seu jeito capricorniano de ser. Tem o defeito de querer colocar tudo em ordem, desde um quadro torto até o mundo e se desespera por este último estar fora do seu alcance.

Confiram a entrevista:



1- Olá, primeiramente gostaria de dizer que estou muito feliz com a oportunidade de poder lhe entrevistar e, para começarmos, nos fale um pouco sobre você: é solteira, casada, ajuntada? 
Também estou feliz com a entrevista!  Bom, sou casada há quase dois anos depois de oito de namoro e um de noivado. Capricorniana, apaixonada por plantas, músicas, animais...! 

2- Sua família lê seus livros? Eles te apoiam? 
Minha família sempre me apoiou nas minhas escolhas e quando publiquei “Quando eu me amar” foi gratificante ter eles ao meu lado. De casa, só meu pai que não leu (não é muito a praia dele). 

3- Qual sua cidade natal? Como foi sua infância? 
Sou de Porto Feliz, interior de São Paulo. Minha infância foi tranquila. Brinquei muito com minhas primas no quintal da minha avó. Adorava ir na pré-escola,inventar histórias para as brincadeiras de boneca... 

4 - Qual sua formação? 
Sou formada em Paisagismo, Letras e estou cursando Pós Graduação em Literatura Inglesa. 

                                                               Do caos à esperança

5- Como você descobriu que gostava de ler e queria ser escritora? 
Sempre gostei de ler. Amava gibis. Lembro que quando era pequena eu passava meu recreio na biblioteca da escola. Adorava ficar lá folheando, lendo, cheirando os livros!! Sobre ser escritora, sinceramente, não sei. Com uns 12/13 anos eu comecei a escrever em diários, mas achava muito chato ficar falando do meu dia, então resolvi inventar histórias. Não gostava de mostrar meus textos, só no curso de Relações Públicas (que eu não terminei) que eu comecei a mostrar meus textos para os professores e foi quando eu recebi incentivos para mudar de curso (jornalismo) e seguir o que eu gostava. Acabei trancando o curso e fui fazer Paisagismo. Nesse meio tempo fui colaboradora da Revista Capricho.  
Depois de um tempo fui fazer Letras e foi ai que eu decidi que eu queria seguir esse caminho e estou batalhando para isso. 

6- Quais seus autores e gêneros literários preferidos? Tem alguma dica de um bom livro? 
Difícil responder. Eu gosto bastante de romance, contos, crônicas. O que não me atrai muito é fantasia. Eu gosto de Paulo Coelho, Clarice Lispector, Marian Keyes (acho que ela aborda temas sérios com uma dosagem de comédia), Virginia Woolf, entre tantos outros. Poderia deixar uma lista de sugestões... Vou deixar um título de cada autor que citei: Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei – Paulo Coelho, Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres – Clarice Lispector, Férias – Marian Keyes e Mrs. Dalloway – Virginia Woolf. 
  
7- Quanto tempo em média demora para escrever uma história? 
Depende da inspiração. “Quando eu me amar” escrevi em dois meses. Terminei um recentemente que demorei uns seis meses, agora falta revisar e isso vai demorar um pouco mais. Tenho que conciliar o trabalho na escola, a pós-,os afazeres domésticos e a criação de história.  

8 - Você acha que a internet hoje em dia tem ajudado ou atrapalhado a divulgação dos livros? 
Acredito que na divulgação tenha ajudado sim, mas até um certo ponto quando não ultrapassa o direito dos autores. A internet é um meio muito forte para conseguirmos alcançarmos diversos públicos.  

9- E aquela perguntinha que não podia faltar, rsrs. Fale-nos um pouco do seu novo trabalho, como surgiu a inspiração e a emoção de vê-lo publicado: 
Ai, foi lindo!!! Deu trabalho, mas o resultado foi gratificante!! Receber tanta gente querida que sempre me incentivou na tarde de autógrafos e depois receber carinho de pessoas que não conhecia foi maravilhoso!  
A inspiração para o livro “Quando eu me amar” veio de conversas com amigos. Também sou bem observadora e é dela que vem muita das minhas inspirações!  



10- Bom, espero que tenhas gostado da entrevista. Obrigada pela paciência e tempo dedicados às respostas. Gostaria de deixar um recadinho para nós blogueiros? 
Adorei as perguntas! Eu que agradeço pelo carinho!! Meu recado para os blogueiros é que continuem com esse trabalho maravilhoso. Vocês são uma forma de ter retorno sobre o nosso trabalho com suas resenhas. Obrigada! 


Eu que agradeço pela atenção e paciência para responder as perguntas!!! Desejo todo o sucesso do mundo à você. Bjs.


10 comentários :

  1. Muito fofa essa minha xará :) adorei a entrevista! É muito bacana conhecer melhor os escritores.

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  2. Maria Angelica Pinheiro31 de julho de 2014 05:50

    Também sou da época em que se lia muito gibi, coisa boa né.
    Ah não, como pode teu pai não ter lido teus livros? Hehe. Tem que fazer ler!!!
    Oinnn, pós em Literatura Inglesa, tudo de bom. Adorei ela.

    Maria A.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ele só folheia, olha a capa, mas nada de ler haha. Ele me apoia e isso já um grande passo :)

      Excluir
  3. Oi Van*

    Adorei a entrevista e fiquei bem curiosa para ler o livro da autora. Achei a capa tão fofa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ola.. Não conhecia a autora e adorei a entrevista,..
    Aguarod uma resenha do livro dela (a capa me passou uma pegada mais infanto juvenil - 12/13 anos)... Então não sei se iria gostar, por isso prefiro ler uma resenha :)
    Bjs
    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu também sempre penso em escrever um livro mas fico imaginando se não levaria mais de um ano para fazer isso, sou muito escreve e apaga. Legal ver que os autores tem uma vida normal como a nossa!

    Beijos

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  6. que fofa ela! *-*
    confesso que ainda não conhecia ela, mas adorei conhece-la.
    por isso que amo essa coluna, é bom demais ver os nossos autores brasileiros ganhando espaço e chegando à mais leitores! :D

    ResponderExcluir
  7. Uiah...tudo de bom essa entrevista. Adorei as inspirações dela, ótimos autores.
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  8. Gostei da entrevista e de conhecer um pouco da historia da Natalia Morenoainda não li seus livros e vou aguardar sua resenha. Bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...