Para Sempre Alice - Lisa Genova:



Sinopse:

Para sempre Alice - Aos 50 anos, Alice começa a esquecer. No início, coisas sem importância, como o lugar em que deixou o celular, até que, um dia, ela se perde a caminho de casa. Um diagnóstico inesperado altera para sempre sua vida e sua maneira de se relacionar com a própria família e o mundo. E, quando não há mais certezas possíveis, só o amor sabe o que é verdade.


Opinião:

Tem cerca de 5 anos que li este livro e ele está lá abrilhantando a minha seleta lista de favoritos da vida. Sua primeira edição é de 2007. Ganhei ele do meu marido que na época era meu namorado.
Agora com a estreia do filme (foi no dia 12) e os vários prêmios que o mesmo vem recebendo, fiquei com vontade de reler a trama que tanto me arrebatou lá no ano de 2010.

Mais uma vez eu me vi prestes a chorar, com a garganta engasgada segurando o choro. O livro é tocante do início ao fim e por mais que eu leia e releia, sempre vai parecer que foi a primeira vez.



Em "Para Sempre Alice" temos a comovente história de Alice Howland, uma importante pesquisadora e professora de Harvard que é diagnosticada precocemente com Mal de Alzheimer. Ela é casada com John, também professor em Harvard. O casal tem três filhos já adultos: Anna, Tom e Lydia.

Alice começa a esquecer das coisas mais básicas do dia a dia, como uma palavra, o local onde colocou a chave do carro... estas coisas, até o dia em que ela, que costuma praticar corrida todos os dias, se vê perdida sem saber como voltar para casa. Não demora para que a sempre tão eficiente Alice passe a perder importantes compromissos e a falhar dentro da sala de aula onde ela mesmo sempre se cobrou tanto pela perfeição.

Obviamente algo está errado com ela e depois que a doença é enfim diagnosticada, acompanhamos o caminho sem volta da protagonista ao total esquecimento. É frustrante percebermos que nem mesmo uma mente tão brilhante é capaz de driblar o seu triste destino.



Esta é uma doença impiedosa que não possui cura, não há como mudar o rumo da vida, uma vez diagnosticado com Mal de Alzheimer, só o que resta é esperar pelos sintomas que irão se manifestar mais cedo ou mais tarde. No caso de Alice, eles não demoraram a chegar.

O que mais emociona neste livro é saber que trata-se de uma história real, ou seja, uma coisa é você ler uma história ficcional, outra é você saber que aquela trama ali tão sensível é sobre uma pessoa que realmente passou por todos aqueles acontecimentos, isso acaba com a gente. Acabou comigo.

Não vejo a hora de assistir ao filme mas, como aqui na minha cidade não tem cinema, terei que esperar ou pelo DVD ou pela internet, mas sem dúvida assistirei na primeira oportunidade, prevejo muitas lágrimas...

Sobre o filme:

Alice Howland (Julianne Moore), uma bem-casada mãe de três filhos adultos, é uma renomada professora de linguística, que começa a esquecer as palavras. Ao receber um diagnóstico devastador de Mal de Alzheimer, Alice e sua família terão seus laços testados.

O filme possui 101 minutos.

Elenco de Para Sempre Alice:












7 comentários :

  1. Oi Van
    Faz algumas semana que vi o livro com esta capa do filme, e fiquei muito interessada pelo contexto dele. Eu não sabia do filme.
    Ontem eu encontrei o ebook deste livro e já coloquei no meu kobo para ler, espero em breve. Parece ser comovente.

    Obs: Nossa, sem cinema aí Van!! :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu não li o livro ainda, mas acho o enredo muito interessante e tenho muita vontade de ler e assistir o filme. Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. ainda não li o livro nem vi o filme, e esta é a primeira resenha que leio del. realmente, parece ser uma história linda
    gosto de livros que tenham como tema doenças reais. esta aqui acho que faz com que a seja mais difícil ainda pelo fato de não ter cura e chegar sem avisos né... =/
    espero muito conseguir ver o filme logo e ler o livro logo também :D

    ResponderExcluir
  4. Apesar de não ter lido já conhecia este livro e realmente parece lindo. O filme eu vi alguns comentários que me despertou o interesse, espero ler e ver o filme.
    Adorei a resenha e as fotos Vanessa.

    Beijoks querida.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/03/tag-bate-papo-literario.html

    ResponderExcluir
  5. Pra mim, o Mal de Alzheimer é a pior doença, quem é diagnosticado sempre sofre muito no começo e depois nem lembra que tem a doença e acaba esquecendo das pessoas que ama. Quero muito ler esse livro, ele tem me chamado atenção faz tempo. Ainda não vi o filme, mas deve ser muito comovente.
    Beijos
    www.umdiarioqualquer.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Van!
    Eu vi muito pouco sobre o filme, e nem imagina que era adaptação de livro o.O
    Já vou anotar aqui para conferir os dois <3
    Bjks!

    ResponderExcluir
  7. Van!
    A história deve ser realmente comovente.
    Mainha tem Alzheimer e é uma doença triste de se acompanhar, a cada dia um novo sintoma e a mudança do comportamento é bem dolorosa.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...