Nova Parceria - Elma Luzia Mousinho - autora de A Canção do Vento:



Biografia:


     Ficcionista, poetisa. Elma Luzia Mousinho nasceu em Natal, em 29 de março de 1955, filha de João Lopes Mousinho Filho e Honestália dos Reis Mousinho. Seu pai foi poeta, apesar de jamais ter publicado o que escreveu e o avô paterno redigiu, editou e publicou a primeira revista do RN.  A Revista do Norte. Estudou no Colégio Atheneu de Natal, e é formada em Ciências Biológicas pela UFRN e especialista em Psicopedagogia pela UNP. Professora de Biologia e Ciências desde 1978, ensinou na Escola Estadual Anísio Teixeira e Colégio Objetivo de Natal. Atualmente é professora na rede municipal de Natal.  

     Quando jovem estudante, a Biblioteca Câmara Cascudo, situada ao lado do Atheneu, foi seu refúgio quando não havia aulas. Contemplativa, adorava a natureza, passando muito tempo observando, pássaros, borboletas e o céu. Sua grande paixão é escrever, tendo começado aos 8 anos com poesia, aos 12 com o primeiro conto e algumas crônicas aos 15. 

     Foi Carlos Lima, figura relevante da cultura natalense, nos anos de 1980 a 1990, dono e editor da Clima, livraria e editora, que leu seus livros e os publicou. O primeiro, Algemas de Sol e Chuva, foi publicado em 1985 e teve quatro edições em anos subsequentes.  Seguiram-se: Cercas da Opressão, em 1986, também com quatro edições seguidas. Correio para o Céu, em 1987, livro infanto-juvenil, com cinco edições e A Revolta do Relógio, também infantil, em 1988, com três edições. Em 1988, a Crisálides Editora do Rio de Janeiro, incluiu “Semente” um poema seu na publicação da Coletânea de Poetas Brasileiros.


Sinopse:

     É 1894 no Vale do Bekka, Líbano, onde se inicia esse romance épico, que atravessa nove décadas em três países: Líbano, Brasil e Itália. Conta a história de amor vivida por Ruth e Hasan diante da imposição familiar em casá-la com o difícil Hana, irmão mais velho dele. O beduíno Halim usa o ilusionismo para ajudar os amantes, mas delibera um tempo distante para o reencontro dos dois. Ainda no Líbano, nascem os filhos gêmeos de Ruth: Salman e Nazira e, no Brasil, Nazira vive uma história de amor que dá frutos, os trigêmeos Jacó, Youssef e Jamil. Os personagens vivenciam a Revolução Comunista, a Segunda Guerra Mundial e os difíceis anos da Ditadura Militar no Brasil. Eventos que trazem, ao mesmo tempo, encontros, desencontros, amargura e sofrimento aos fortes personagens do romance, como o pequeno trecho a seguir bem o demonstra. “Agora uma garra apertava seu crânio. Bem perto de seus olhos, um capuz preto sem voz o torturava. Dois olhos sádicos olhavam pelos buracos do capuz. Por um segundo, encontrou neles uma lembrança remota. Já os vira antes, em algum lugar.”






2 comentários :

  1. Oi Van!
    Parabéns pela conquista \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  2. Van!
    Fico bem feliz em ver mais uma nordestina lançando seu livro.
    Desejo o maior sucesso na parceria e quero conferir a resenha, hein?
    “A dúvida é o principio da sabedoria.”(Aristóteles)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...