(RESENHA) Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar - Sarah McLean - Editora Arqueiro:



Sinopse:

A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.

E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para
cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.

Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.

Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

Skoob:


Nove regras a ignorar antes de se apaixonar nos traz mais um romance de época em que  sua protagonista é uma pessoa à frente de seu tempo e um tanto rebelde. Aqui temos Lady Calpúrnia Hartwell, ou simplesmente Callie, uma dama exemplarmente educada e recatada para sua época, mas que depois de dez anos após ter sido apresentada em seu primeiro baile, continua solteiríssima da silva.

É no jantar de noivado de sua irmã que suas perspectivas para o futuro começam a desmoronar pois, Callie é bombardeada com as duras palavras de seus familiares que a recriminam por ainda não ter arrumado um marido. Logo após o fato e estando muito triste, ela se refugia no escritório do irmão Benedick, lá eles conversam e Callie acaba se abrindo com ele expondo suas opiniões um tanto feministas para o momento e que fazem parte de uma personalidade sua que ninguém conhecia.

Benedick a ouve com atenção e parte dele a ideia de Callie criar uma lista com coisas que ela tem vontade de experimentar, mas que a sociedade só aceita se partirem de um homem, nunca de uma mulher. Eis que nasce as '9 Regras'.


O problema é que Callie se anima demais com a lista e decide colocar todos os itens em prática, já que ao que parece seu futuro é mesmo permanecer sozinha, pelo menos ela quer ter a oportunidade de fazer alguma coisa de realmente estimulante na vida. Aí que entra o Marquês de Ralston, Gabriel St. Jhon. Ele e o irmão acabam de descobrir que possuem uma irmã mais nova (Juliana) e que precisam encontrar alguém que a auxilie e lhe ensine como se comportar em sociedade. Gabriel está imerso em seus pensamentos sobre o assunto quando Callie entra em seu quarto lhe pedindo um beijo apaixonado (o primeiro item da lista). Mesmo sendo pego de surpresa, ele decide aproveitar a oportunidade e pedir que em troca ela ajude sua irmã com os traquejos sociais.


Bem, o primeiro ponto da lista foi cumprido (na minha opinião era o mais ousado, mas claro, não estou no século XIX). Callie vai atrás dos demais pontos e sabe que pode conseguir quebrar todas as regras impostas pela sociedade, acontece que em cada passo dado seu destino se cruza com o do Marquês e isto a deixa preocupada pois, não é de hoje que seu coração bate mais forte por ele e o fato de não conseguir controlar seus sentimentos pode atrapalhar seus planos...Na verdade Gabriel descobre sobre a tal lista e, com medo de que a reputação de Juliana seja abalada pela maluquice de Callie, ele prefere estar sempre presente quando os planos da moça estão sendo postos em prática.



Enfim, o que dizer deste livro? Nove Regras não é apenas um romance de época, ele tem pegada, tem sentimento, tem emoção e sensualidade além de dar margem ao questionamento de que a sociedade era extremamente machista, tanto homens quanto mulheres (a maioria) pensavam da mesma forma e é assim que a vida era e pronto. Callie é uma personagem que cresce muito à medida que a leitura se desenrola, ao mesmo tempo que é uma moça destemida, é também doce e frágil. Depois que Callie percebe que pode fazer a diferença em sua própria vida nada a segura, aquela menina conformada e com baixa auto-estima fica definitivamente no passado ao mesmo tempo em que Gabriel está cada vez menos conseguindo esconder o que vem sentindo pela nova 'amiga'. A sincronia entre os dois dá um belo toque a mais ao livro, mas é Callie quem faz deste um livro 5 estrelas!!!

Aproveitem que tem sorteio deste livro lá no Insta do blog (Clica no Banner):

 https://www.instagram.com/p/BET7AiiRwu8/?taken-by=retrobooksblog



 http://www.editoraarqueiro.com.br/

9 comentários :

  1. Oi, Van!
    Eu comecei a ler esse livro e estou amando. A Callie é uma fofa
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Amei a capa, o enredo e a sua resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro! <3
    Mil beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Sou apaixonada por romance de época e esse livro já esta na minha lista de desejados a um tempo!! Fiquei ainda mais curiosa, depois dessas 5 estrelas devido a personalidade de Callie.
    Obs: Essa capa é simplesmente linda d+.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  4. Oi Van
    Este é um dos únicos da editora que eu ainda não li e depois do encontro de romance de época me arrependi de ainda não ter lido.
    Gostei do enredo, e fiquei curiosa para conhecer mais sobre os 9 passos, como ela os realiza, e claro muito curiosa pelo romance com o Marquês. Ai, quero ler, vou solicitar para editora.
    Amei suas fotos como sempre, lindas!!

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Van! Tudo bem? Quanto tempo não venho aqui. Me afastei um pouco do blogger, mas agora voltei novamente junto com a Irene na Saleta de Leitura.

    Não sou muito fã dos romances de época, mas o enredo desse livro achei interessante. Numa sociedade machista, uma mocinha com uma cabeça além da sua época, deve ter enfrentado muitas barreiras (e julgamentos) para conseguir alcançar os itens da lista. Gostei! Acho que esse será o primeiro livro que vou ler nesse estilo.

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Vou começar a ler esse livro hoje e estou com altas expectativas \o/ Espero gostar bastante da trama, e como só estou lendo comentários positivos, com certeza voou gostar \o/
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Estou ansiosa pra ler esse livro. Pela sinopse e resenha, fiquei ainda mais curiosa =)

    Beijos,
    Pri
    vintage.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii, tudo bem????
    Adorei a resenha e as fotos, que ficaram lindas, parabéns <3
    Mas confesso que romances de época não fazem meu estilo. Fico com muita raiva em ler como a sociedade era machista. Tudo bem que pelo menos essa moça quis fazer a diferença. Mas quis porque estava solteira. Talvez se ela tivesse arrumado um marido, iria estar bem contente com os costumes e valores :P E isso me incomoda muito :(
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Van!!!
    Li esse livro e fiquei apaixonada! São muitas emoções, mas também me divertir com as loucuras de nossa heroína.
    Também fiz resenha dele lá na Saleta de Leitura. Ficarei feliz em recebê-la por lá.
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...