(Resenha) Na Mala do Imigrante - Lígia Pereira Boldori:



Sinopse:

Um livro sincero e emotivo, cômico e trágico; que de uma forma sem rodeios ou intimidações retrata a realidade das mais diferentes situações vividas por um imigrante.
Composta por capítulos desenvolvidos em pequenas narrativas / episódios; finalizando-se individualmente.
A leitura torna-se assim dinâmica e simplificada, proporcionando ao leitor mais praticidade e vibração!
A riqueza descritiva; pormenorizada, o fará sentir- se parte integrante da história.
Emoções estarão à flor da pele do leitor; onde as lágrimas, a raiva, o amor, o sentimento de injustiça, compaixão e muitos outros sentimentos, irão tomar conta de si, em cada leitura de cada capítulo/história.
A cronologia da obra desenvolve-se baseada na história de um imigrante,
“…de todos se fazem um e de um fazemos todos ”
Cada acontecimento relata uma parte do processo de imigração: adaptação, adoção, vivência e convivência, que “um e todos” são passíveis de experienciar.

Relato dos possíveis “estágios” vividos; desde a arrumação das malas para a partida - dentre muitas outras aventuras durante sua imigração-, até o dia do seu retorno: a volta para casa.
Mas afinal, será que ele, ela, voltará?
E onde já considera-se casa?
Para saber, basta abrir a mala do emigrante.
As diversidades culturais retratadas ao decorrer das histórias proporcionarão ao leitor a oportunidade do conhecimento de palavras específicas, estrangeirismos, calões, gírias e expressões locais e outras ainda em outros idiomas;
- ora já conhecidas, ora inusitadas –,
das quais, de uma forma didática, estarão numeradas ao longo do texto e explicadas no rodapé, relativo á página da citação, em formato “vocabulário”.
São 202 explicações que lhe somarão conhecimentos!
Basta agora se inteirar e descobrir, o que vai na mala de um emigrante*!
Prepare sua mala e boa leitura!


Opinião:

Neste belo livro da autora Ligia Boldori o personagem principal é mesmo a mala que todo imigrante prepara e carrega em sua jornada, como o livro é composto por vários contos com diversas situações e também personagens diferentes, o que todos eles possuem em comum é a mala, aquela em que levam não apenas as roupas, calçados e demais pertences pessoais, mas também os sonhos, as esperanças, as angústias, as saudades e as lembranças.


Acredito que a experiência e conhecimento do assunto por parte do autor lhe proporciona condições de escrever um livro com propriedade e, ao meu ver foi exatamente isto que fez com a nossa autora criasse este livro tão rico em sentimentos e extremamente emotivo. Lígia passou por situações semelhantes ao sair do Brasil - Paraná - rumo ao mundo em busca de novas oportunidades.

Cada pessoa possui uma história em particular, mas quase todas são impulsionadas pelo mesmo motivo: a esperança. É ela que norteia o imigrante em sua trajetória e o faz seguir em frente independente da dificuldade a ser enfrentada e do que é deixado para trás.


Na Mala do Imigrante contém cerca de 10 relatos com diferentes situações vivenciadas por pessoas que deixam seu país de origem e partem rumo ao desconhecido e não raras as vezes se deparam com fatos inesperados e que poderiam lhes fazer repensar a decisão, mas ao que parece a vontade de mudar é maior do que qualquer percalço que possa aparecer. É preciso a certeza do que se está fazendo, além do preparo para o que vai encontrar pois, os obstáculos serão muitos, ainda mais quando se está sozinho, o questionamento é inevitável e é até natural, mas a força de vontade falará mais alto, ou não, vai depender do seu coração...

Dentre os momentos aqui citados estão: O medo de não conseguir 'entrar' no país por ser imigrante e sem motivos consistentes para tanto, o medo da comunicação com uma língua nova, o preconceito, o momento da despedida dos que ficam, o contato com o ambiente novo e peculiar, entre outros. A gente realmente viaja junto com os personagens e fica com o coração apertado com o que eles encontram pela frente.



O que mais me chamou a atenção nesta obra foi a interação com o leitor. A autora nos preparou uma grata surpresa nas últimas páginas que consiste em nós leitores podermos escolher qual rumo que ela deverá seguir, isto é bem incomum e muito original, uma aposta que deu super certo. Eu amei muito o livro, li ele numa tarde, não apenas porque é um livro curto, mas porque sua narrativa é tão gostosa que a gente não quer mesmo largar antes da última página. Sabe a sensação de um abraço gostoso? Então, é praticamente a mesma sensação. Façam vocês também esta travessia, preparem suas malas com tudo o que possuem de melhor e embarquem nesta viagem com garantia de muita emoção e sentimentalismo.


Sobre a autora:

Ligia Pereira Boldori nasceu a 16 de Outubro de 1976 em Maringá- Paraná- no Sul do Brasil.

Desde a sua infância, já demonstrava facilidade e gosto pela comunicação. Cursou Magistério e foi professora durante 5 anos. Em 1995 ingressou no curso de Letras, tendo também posteriormente cursado Comunicação Social – Jornalismo.

Foi apresentadora de televisão por mais 5 anos, em programação de entrevistas locais. Deixou a profissão em 2002 para casar-se e formar família. Mudou-se para Londres, onde nasceram seus dois filhos, Giovanna e Gianluca.

Por oportunidades de negócios, em 2009 mudou-se para Portugal, onde reside até hoje, desenvolvendo uma empresa própria (clínica dentária) com seu o esposo Giancarlo (médico-dentista).

Todavia a paixão pela comunicação estava apenas adormecida...

Em 2014 decide-se retornar aos “bancos escolares” e ingressa na faculdade de Línguas, Literaturas e Culturas – Inglês e Francês, na Universidade do Algarve, Sul de Portugal.

Com o retorno aos estudos, a paixão pela comunicação desperta-se e uma nova paixão nasce!

Saindo das “telas” de tv e indo para a “telinha” do computador, Ligia descobre o prazer na escrita e decide “por para fora” tudo o que “passava cá dentro”; desta vez não em uma entrevista televisiva, mas registada nas páginas de uma obra literária.

O gosto foi tão grande que mais obras já estão a caminho...


4 comentários :

  1. Olá!
    Este livro parece ser realmente bom; adoro livros que contém vários contos!
    ótima resenha!!!

    Um beijo!
    www.becodasleitoras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Mais um livro pra botar na lista dos desejados, adorei o enredo e deu vontade de ler agora, depois da sua resenha!
    Beijinhos, ficou fantástica!
    Livros, Amor e Mais

    ResponderExcluir
  3. Oi Van!

    Se vc leu em uma tarde é porque deve ser bom mesmo! Vendo a capa não imaginava que seriam contos e realmente parecem ser histórias cheias de emoção! E ah, as fotos ficaram lindas, parabéns!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Não costumo ser chegada em contos, mas quando são relatos, algo baseado em fatos reais, sempre me chamam atenção. Com certeza livros escritos pela experiência do autor são mais fidedignos, nos transmitem uma segurança maior no que está escrito, e imagino o quão boas sejam as histórias dentro da mala dos imigrantes!


    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...