(Resenha) A Garota Italiana - Lucinda Riley - Editora Arqueiro:


Sinopse:

Uma inesquecível história de amor, traição, paixão, obsessão e música.

Aos onze anos de idade, Rosanna Menici conhece o cantor Roberto Rossini, uma estrela em ascensão no mundo da ópera italiana - e o homem que mudaria sua vida para sempre. Incentivada - e apaixonada - por ele, Rosanna passa a se dedicar ao estudo do canto lírico, torna-se cantora profissional, e logo os dois se encontram nas salas de concerto mais famosas do mundo, dividindo não só o palco como também o mesmo destino.

Com seu talento incomum para descrever ambientes e evocar sensações e sentimentos universais, Lucinda Riley nos leva a acompanhar a trajetória de Rosanna, desde os bairros pobres de Nápoles até os teatros mais glamourosos do planeta, trazendo à tona, com sua prosa inconfundível, as alegrias, tristezas, frustrações, decepções e redenções do amor.


Opinião:

Finalmente desencantei e li Lucinda Riley, pois é, foi a primeira vez que tive contato com a escrita da autora, apesar de ter cerca de quatro livros dela na estante... Enfim pude compreender o surto que ela causa em seus leitores que acabam apaixonados por suas obras. A Garota Italiana relata o romance entre Rosana Menici e Roberto Rossini, dois dos tenores mais respeitados do mundo.


Tudo começa com Rosana ainda criança com 11 anos de idade. A paixão por Roberto acontece assim que ela o ouve cantar pela primeira vez na cantina da família Menici em uma festa em comemoração ao aniversário de casamentos do casal Rossini. Rosana também canta durante a festa e deixa Roberto (muito anos mais velho) encantado com a voz da menina. Ele lhe sugere aulas de canto com um respeitado professor que lhe ajudou muito no início de sua carreira. Não será fácil, mas Rosana com ajuda de seu irmão Luca fará as aulas sem o conhecimento do restante da família que consiste na mãe, pai e irmã mais velha.

A irmã em questão é Carlotta, uma moça linda e disputada, tem namorado no início da trama, mas não nutre grandes sentimentos pelo rapaz. A noite em que Rosana se descobre apaixonada por Roberto é a mesma em que a vida de Carlotta começa a sofrer uma enorme transformação, aliás, naquela noite a vida de toda família Menici começa a mudar.


O livro segue uma narrativa cronológica, ou seja, a história é contada linearmente, sem viagens no tempo, começa com uma Rosana criança em Nápoles na cantina dos pais e vai até sua fase adulta com o alcance do sucesso que buscou e pelo qual se empenhou a vida toda. O amor entre o casal protagonista não foi imediato claro, devido à idade dela, mas Roberto finalmente a olha com outros olhos quando Rosana cresce e desabrocha e se transforma numa estrela da ópera com sua inigualável voz e talento.

Roberto possui uma vasta bagagem em se tratando de relacionamentos amorosos, ao passo que Rosana é totalmente inexperiente, digamos que Roberto já tenha cometido erros suficientes para que qualquer moça sensata nem pense em se aproximar dele, mas o amor de Rosana é maior do que isto e capaz de superar todos os obstáculos que puderem aparecer e eles com certeza irão aparecer.


Enfim, agora já posso finalmente opinar sobre a escrita da Lucinda, sempre fico me sentindo um peixe fora d’água quando todo mundo já leu algo de determinado autor e eu ainda estou zerada no assunto. Claro que apenas um livro não é o suficiente para avaliar a narrativa em geral, mas possibilita avaliar ao menos a obra e quanto a ela o que eu posso dizer é que foi uma história linda de amor, drama, intrigas, mentiras e acima de tudo, paixão.


No início achei a narrativa  um pouco parada, mas acredito que isto faça parte do objetivo da trama já que com o decorrer da leitura fui ficando mais e mais fissurada na obra com os acontecimentos que iam se desenrolando. Vi algumas pessoas comentando que este livro é um pouco diferente das demais obras que a autora publicou, que a narrativa aqui utilizada é um pouco mais detalhada e lenta. Concluo com isto que seu eu já gostei de A Garota Italiana, com certeza irei amar os próximos livros da Lucinda que já estão na fila de leitura... Recomendo muito a leitura para quem não resiste a um bom romance com certa dose de drama.

 http://www.editoraarqueiro.com.br/

7 comentários :

  1. Oi Van
    Eu ainda não li nada da autora e tbm sou curiosa para ler algo, eu guase solicitei estes novos livros da autora, mas fiquei com receio sabe? Mas quem sabe agora eu me animo. Gostei do enredo deste livro, e pelo que todo mundo comenta a escrita da autora é muito boa.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Pra começar, que foto mais linda, eu amei!!
    Também nunca li Lucinda Riley, mas vou dar uma chance a esta mulher, culpa sua!

    Bj, Laura.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Van!
    Eu nunca li nada da Lucinda e também escolhi esse para começar por ser livro único.
    Gostei bastante da sua resenha. Agora já sei o que esperar.
    Só espero não desistir porque um começo lento sempre me desanima.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário Balaio de Babados e Postando Trechos
    Participe da promoção 1 Ano de Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    estou doida para ler este lllivro.
    Ele ser parado me desanimou um pouco, mas ainda quero ler.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiii Van

    A capa é maravilhosa, amei. Nunca li nada da Lucinda e me sinto um peixe fora d´agua tb ao ouvi falar tanto da autora. Tem uma série dela sobre umas irmãs que recém foi publicada e me chama muito a atenção, quero ver se consigo conferir esses livros logo logo.
    Fico feliz que vc tenha gostado da escrita da autora, mesmo sendo paradinha no começo o que importa é que no todo o livro acabou te agradando.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  6. Oi Van!

    É exatamente assim que me sinto, um peixe fora d'água rsrsrrs preciso desencantar e conhecer a narrativa da Lucinda também. Adoro um romance, estou na expectativa de gostar do livro tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Me identifiquei muito com o fato de ser um peixe fora d'água em relação a escrita de autores que não conheço, aliás acho que boa parte das pessoas são assim haha.
    O livro parece ser muito bom, a forma que você informou sobre ele foi bem legal e me deixou curioso.

    Abraço õ/

    https://livrosamoremais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...