(Resenha da Grazi): Cidade dos Fantasmas



Autor: Daniel Waters
Editora: Jangada
Número de Páginas: 320
Onde Comprar: Saraiva

Sinopse

Após uma catástrofe que matou milhões de pessoas, uma fenda se abre entre as dimensões e as cidades passam a ser assombradas por fantasmas. Verônica não passa um dia sem ver um fantasma, mas eles não a assustam. Porém, os fantasmas estão ganhando força e começam a aparecer com muito mais frequência. Ela e seu colega de classe Kirk, investigam por quê e descobrem uma história sinistra: August, seu professor de história, não se conforma que a sua filha não voltou do mundo dos mortos como fantasma e acha que para isso acontecer ela precisa primeiro se apossar de um corpo, e que Verônica é a pessoa certa para abrigar o espírito da filha. Mesmo que esteja errado, que mal há em criar mais um fantasma, se já existem tantos!


Cidade dos Fantasmas me instigou bastante já na sinopse. A premissa diferente dos livros que estão saindo agora me deu a promessa de thriller original. Ele cumpriu minhas expectativas? Maios ou menos.

O livro conta a história de Verônica, uma jovem que vive no tempo pós-Arrebatamento, que foi um acontecimento mal explicado na história, mas que permitiu a vinda dos mortos ao mundo dos vivos. Mas não é um retorno literal. A cada dia, algumas pessoas falecidas na época desse grande acontecimento apareciam como lembranças mesmo, imagens pálidas que faziam algo do seu cotidiano e em poucos segundos desapareciam.  Havia poucas exceções que duravam mais tempo e essas chamavam a atenção das pessoas, que já estavam acostumadas com os visitantes do outro mundo.

Com esse acontecimento de fundo, as aparições esporádicas e contando com o dia-a-dia de Verônica nós vamos descobrindo mais sobre algumas das mortes e sobre prematuramente apresentados ao vilão da história. Minha resenha precisará ficar pequena para que eu não dê um spoiler muito grande (que o próprio autor fez) e perca a graça do livro, que é curto e tem um ritmo acelerado.

A estrutura da narrativa foi um tantinho estragada por essa obviedade da vilania de um personagem. Suspenses precisam de algo para nos manter focados na história, né? Então o autor utilizou-se de outros meios para deixá-lo interessante. E bota interessante nisso. O enredo é bom, as mini tramas são boas e a rapidez da história contribue para manter o interesse até o final. A revisão foi ótima, não encontrei erros. A diagramação é simples e a tradução deu muito certo.

Recomendo para quem curte ficção e suspense. Os personagens são legais e passamos a torcer bastante pela Verônica e seus fantasminhas camaradas. O livro já teve seus direitos cinematográficos comprados e eu com certeza irei assistir quando sair.



5 comentários :

  1. Gosto do tema proposto (ficção e suspense), mas o enredo não chamou minha atenção. Talvez com o filme seja diferente :)

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiiiii Grazi e Van

    Até gosto de suspense, mas confesso que tenho o pé atrás com esse livro, apesar da sinopse interessante parece que realmente falta algo pra mexer realmente com o leitor e manter a gente pegado às páginas da história.

    Bjs

    Alice and the Books

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Faz tempo que eu não leio livro com esta temática, gostei do livro e o enredo muito bom.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Estou louca pra ler esse livro, a temática é uma das que mais gosto. Amo suspense! Beijinhos <3
    Livros, Amor e Mais

    ResponderExcluir
  5. Top top mesmo! Não canso de falar que gostei mesmo! Sua criatividade é show! Claro que cada um tem sua opinião e se expressa com quer porém respeitando o próximo, isso é o que importa, não é mesmo? Como posso fazer para falar com você tem algum email de contato ou algum formulário de contato para falar com vocês? Abração!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...